(41) 3324-1541
Voltar

Noticias

05/03 - BC eleva Selic em 0,50 ponto porcentual para 12,75% ao ano

O Banco Central confirmou as apostas e elevou nesta quarta-feira (4) a taxa básica de juros (Selic) em 0,50 ponto porcentual, para 12,75% ao ano. Foi a quarta alta seguida da taxa. Com a elevação, a Selic passa a ter seu maior valor desde janeiro de 2009.


A alta era a aposta de 59 dos 63 economistas ouvidos em pesquisa da Bloomberg. Os outros quatro viam aumento de 0,25 ponto porcentual, a 12,5%.


A inflação resistente, que deve ganhar força após a recente paralisação de caminhoneiros e depois de reajustes em energia, transporte e combustíveis aprovados no início deste ano, é citada por analistas como o principal balizador para a decisão do Copom (Comitê de Política Monetária).


O IPCA (índice oficial de inflação) acumula avanço de 7,14% até janeiro, acima do teto da meta do governo, que é de 6,5%.


O último boletim Focus, do Banco Central, mostrou que a perspectiva de alta do IPCA neste ano subiu novamente, para 7,47% em 2015, acima da faixa superior da meta do governo, de 4,5% com margem de 2 pontos porcentuais para mais ou menos. Para 2016, a projeção é de 5,50%.


Novo aumento


Após a reunião desta quarta, Luciano Rostagno, estrategista-chefe do Banco Mizuho do Brasil, acredita em aumento de 0,25 ponto porcentual em abril.


“O BC deve deixar a porta aberta para nova alta por causa da questão fiscal. Joaquim Levy [ministro da Fazenda] tem anunciado medidas importantes na tentativa de colocar as contas públicas em uma trajetória sustentável para evitar perda de grau de investimento do Brasil [selo de bom mercado para se investir]”, diz.


A corretora Concórdia também não descarta mais um aumento de juros em abril, embora acredite que BC possa manter a taxa inalterada até dezembro após o aumento desta quarta.


“Em seu comunicado, o BC deve chamar a atenção para o fato que de a política fiscal será um fator importante de controle da inflação no futuro, já sinalizando, dessa forma, o encerramento do atual ciclo de altas de juros.”


PIB


A atividade econômica enfraquecida é o que limita novas altas da Selic neste ano. No terceiro trimestre do ano passado, o PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro cresceu 0,1%, abaixo das expectativas.


Neste ano, o país deve ter retração de 0,58% do PIB, ainda de acordo com o Focus. A indústria continua sendo um peso sobre a atividade em geral, com contração de 0,72% no ano, segundo o boletim.


A expectativa é de que a economia melhore em 2016, com crescimento de 1,50%, de acordo com o Focus.


http://www.gazetadopovo.com.br/economia

Sobre as entidades

A Fenabrave-PR (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores – Regional Paraná) e o Sincodiv-PR (Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos no Estado do Paraná) são as entidades que representam a categoria da distribuição de veículos no Paraná.

Siga-nos

Contato

  • Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos do Estado do Paraná e Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores - Regional Paraná.

    Rua Visconde do Rio Branco, 1341 - Centro
    Curitiba - PR - 80420-210
  • (41) 3324-1541
  • fenabrave@fenabrave-pr.com.br
  • sincodivpr@sincodiv.com.br