(41) 3324-1541
Voltar

Noticias

11/05 - Vendas de usados seguem em alta em 2015

Na contramão do mercado de modelos zero-quilômetro, que já caiu quase 20% nos primeiros quatro meses do ano, os negócios com usados continuam em alta. De acordo com o relatório mensal da Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto), no primeiro quadrimestre foram negociados no País 3,2 milhões de veículos de segunda-mão, o que corresponde a crescimento de 2,2% em comparação com o mesmo período de 2014. 

- Veja aqui as estatísticas da Fenauto

O melhor desempenho até agora foi o de comerciais leves, com quase 585 mil unidades usadas negociadas de janeiro a abril, em alta de 7,6% sobre o mesmo período do ano passado. Para automóveis o crescimento foi bem menor, 1,2%, mas o segmento é o mais representativo, com 2,55 milhões de transferências no mesmo intervalo de 2015. Os negócios com comerciais pesados usados registraram o único resultado negativo do setor, com queda de 2,7% e 102,9 mil vendas. A retração, no entanto, é muito mais branda do que a verificada no mercado de caminhões e ônibus novos, de 39% e 26%, respectivamente. 

Com o pronunciado declínio do mercado de veículos novos, está crescendo em todos os segmentos a relação de usados negociados a cada zero-quilômetro vendido. No caso de automóveis, há um ano essa equação era de 2,8 para 1 e cresceu agora para 3,6 por 1. A cada comercial leve emplacado, 4,3 usados são transferidos, ante 3,2 por 1 no mesmo período de 2014. Para comerciais pesados a relação atual é de 1 novo para 3,2 revendidos, enquando um ano antes era de 2,1 por 1. 

O segmento de motos usadas também teve desempenho inverso ao de novas, que acumula queda de 10% de janeiro a abril. No período foram negociadas 894,3 mil motos de segunda-mão, o que representa elevação de 3,9% ante o primeiro quadrimestre de 2014, em uma relação de duas unidades usadas vendidas para cada zero-quilômetro emplacada – um ano antes essa equação era de 1,76:1. 

SEMINOVOS EM ALTA

“Pode-se afirmar que prossegue a tendência de boas vendas dos seminovos, por terem uma excelente relação custo-benefício”, comentou em nota Ilídio dos Santos, presidente da Fenauto. A maior alta do mercado de usados é justamente a de veículos com até três anos de idade (os considerados seminovos), que registra crescimento de 31,3% nos primeiros quatro meses do ano em relação com o mesmo intervalo de 2014, com 1,17 milhão de unidades negociadas no período. 

Todos as demais segmentações por idade registraram queda nos negócios de janeiro a abril. Para veículos entre quatro e oito anos as transferências recuaram 3,2% (1,56 milhão de unidades), para nove a 12 anos o declínio foi de 4,7% (518,7 mil) e os acima de 13 anos de uso tiveram a maior baixa do quadrimestre, -8,2% (930,5 mil). 

Os três modelos mais negociados no mercado de usados são o Volkswagen Gol e os Fiat Palio e Uno, nesta ordem. Na sequência, do quarto ao décimo lugar, vêm Chevrolet Celta e Corsa, For Fiesta, Volkswagen Fox, Fiat Siena, Chevrolet Corsa Sedan (ou Classic) e Toyota Corolla.


http://www.automotivebusiness.com.br/

Sobre as entidades

A Fenabrave-PR (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores – Regional Paraná) e o Sincodiv-PR (Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos no Estado do Paraná) são as entidades que representam a categoria da distribuição de veículos no Paraná.

Siga-nos

Contato

  • Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos do Estado do Paraná e Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores - Regional Paraná.

    Rua Visconde do Rio Branco, 1341 - Centro
    Curitiba - PR - 80420-210
  • (41) 3324-1541
  • fenabrave@fenabrave-pr.com.br
  • sincodivpr@sincodiv.com.br