(41) 3324-1541
Voltar

Noticias

14/08 - Produção local já surte efeito em vendas da Abeifa


REDAÇÃO AB


 




Abeifa, Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos, começa a vislumbrar um novo cenário no mercado de veículos importados, com os volumes de vendasde algumas associadas que já produzem no País. O total de licenciamentos pela entidade chegou a 55,2 mil unidades entre janeiro e julho, representando leve aumento de 0,2% na comparação com iguais meses do ano passado, quando foram emplacados 55,1 mil veículos, de acordo com dados divulgados na quarta-feira, 12. 

Com este volume, a participação das marcas que formam a entidade nas vendas totais de veículos no País sobe de 2,9% para 3,7% no comparativo anual dos períodos acumulados encerrados em julho.

Na análise apenas dos importados, os licenciamentos somaram 38,1 mil unidades no acumulado de sete meses, volume 29,1% abaixo do verificado em igual período de 2014, quando foram vendidos 53,8 mil unidades.

“Considerando somente os veículos importados em 2015, a tendência é uma piora ainda mais significativa, avaliando o reflexo da valorização do dólar, que impacta diretamente os negócios da maioria de nossas associadas”, comenta Marcel Visconde, presidente da Abeifa.

Com a fabricação local de quatro das associadas – BMW, Chery, Jeep e Suzuki – o executivo ressalta que para 2015 a associação deve registrar crescimento nas vendas totais: “Mas temos de contextualizar que esse resultado refletirá a chegada de uma nova categoria de veículos, que são os modelos produzidos no País por marcas que iniciaram a operação de suas fábricas brasileiras”.

Já no resultado mensal, as vendas de julho cresceram 39,7% sobre igual mês de 2014, para 10,6 mil unidades, das quais 5,3 mil foram produzidas aqui. 

PRODUÇÃO

A produção total de veículos pelas associadas da Abeifa chegou a pouco mais de 17,1 mil unidades nos sete meses deste ano contra as 1,2 mil fabricadas em igual período do ano passado. O crescimento se deve ao início da produção em massa de marcas que concretizaram suas operações no Brasil, caso de BMW, Chery e Jeep. O volume também considera a Suzuki, que ainda produz o jipe Jimny na fábrica da Mitsubishi em Catalão (GO).

A BMW, que com o sedã Série 3 inaugurou sua fábrica de Araquari (SC) em outubro de 2014, acumula 5,1 unidades produzidas neste ano até julho. Já são quatro os modelos fabricados na linha nacional, os crossovers X1 e X3, além do hatch Série 1.

A Jeep, marca da FCA – Fiat Chrysler - que também mantém associação à Anfavea, começou em fevereiro deste ano a montagem em série de seu novo modelo Renegade, que já soma 10,2 mil unidades produzidas em seis meses na unidade de Goiana (PE). De 19 unidades fabricadas em fevereiro, a marca subiu gradativamente o volume de produção mês a mês, encerrando julho com pouco mais de 4 mil unidades entregues pela nova linha de montagem.

Por sua vez, a Chery, cuja produção comercial teve início em abril deste ano, fabricou 365 unidades do Celer em sua fábrica de Jacareí (SP), nas versões hatch e sedã, enquanto a Suzuki totaliza 1,3 mil unidades do Jimny entregues pela linha de produção da Mitsubishi, uma vez que a marca encerrou a montagem do jipinho em sua unidade de Itumbiara, também em Goiás.


http://www.automotivebusiness.com.br/

Sobre as entidades

A Fenabrave-PR (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores – Regional Paraná) e o Sincodiv-PR (Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos no Estado do Paraná) são as entidades que representam a categoria da distribuição de veículos no Paraná.

Siga-nos

Contato

  • Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos do Estado do Paraná e Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores - Regional Paraná.

    Rua Visconde do Rio Branco, 1341 - Centro
    Curitiba - PR - 80420-210
  • (41) 3324-1541
  • fenabrave@fenabrave-pr.com.br
  • sincodivpr@sincodiv.com.br