(41) 3324-1541
Voltar

Noticias

11/12 - Montadoras asiáticas aumentam participação no mercado

Valor Econômico


 


As montadoras asiáticas sentiram menos o impacto da desaceleração do setor automotivo nos últimos anos do que as concorrentes europeias e americanas. Mesmo com a queda das vendas, Toyota, Honda e Nissan, por exemplo, conseguiram aumentar a participação no mercado brasileiro por diferentes motivos.


 


Para Rodrigo Baggi, economista da Tendências, as japonesas se beneficiaram do fato de serem mais novas no mercado, possuírem plantas modernas, que as tornaram mais eficientes, e por oferecerem veículos com características que agradam o consumidor, principalmente no que diz respeito a design, qualidade e tecnologia.


 


Por outro lado, a perda de market share das tradicionais GM, Fiat, Volkswagen e Ford é estrutural e já vinha sendo observada mesmo no período de demanda interna aquecida, entre 2004 e 2008. “Foi a partir da desaceleração do mercado, em 2013, que as japonesas conseguiram ganhar mais espaço”.


 


Segundo Baggi, dados de janeiro a outubro de 2015 mostram que a Toyota e a Honda têm, juntas, uma participação de 13%, mesma fatia da Volkswagen, a terceira colocada no ranking nacional das montadoras, enquanto as líderes GM e Fiat controlam 16% do mercado. Em 2005, as duas últimas absorviam 23% do mercado e a Toyota e a Honda possuíam cada uma 4% de market share.


 


De acordo com Baggi, o mercado automotivo deve terminar o ano com 2,5 milhões de unidades comercializadas, ante as 3,3 milhões apuradas em 2014.


 


Para compensar a queda nas vendas, que foi de 10% entre janeiro e outubro em comparação ao mesmo período de 2014, a Nissan pretende aumentar a exposição da marca durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, dos quais é um dos patrocinadores, e aproveitar o câmbio favorável para iniciar exportações para a América Latina.


 


Segundo François Dossa, presidente da Nissan, o plano é fazer da fábrica de Rezende (RJ) uma base de abastecimento dos vizinhos da região. “Estamos trabalhando na adaptação do motor flex, mas é difícil dimensionar o volume de exportações porque depende da situação econômica dos países”, diz.


 


A Toyota reduziu os custos internos, inclusive o da área de produção, e não alterou o cronograma de lançamentos de novos modelos no mercado com a perspectiva de chegar ao final de 2015 com o mesmo volume de vendas registrado em 2014, de 196 mil unidades. Em novembro foi lançada a picape Hilux, importada da Argentina.


 


Isso sinaliza aos consumidores que a montadora tem produtos atualizados, ressalta Ricardo Bastos, diretor adjunto de relações públicas e governamentais da Toyota. Com planos de manter a fatia de 7% que detém do mercado, a Toyota contratou em novembro 500 funcionários para as fábricas de Sorocaba e Porto Feliz (SP).


 


A Honda, que tem uma estratégia de negócio voltada ao atendimento dos consumidores de maior poder aquisitivo, tem apostado na renovação da sua linha para amenizar o impacto da crise. A montadora lançou novos modelos do Honda Civic, Fit e City e apresentou quatro novas versões do utilitário esportivo HR­V, que desde março vendeu mais de 38 mil unidades.


 


A expectativa de Paulo Takeuchi, diretor de relações institucionais da Honda, é de crescimento de 13% nas vendas de toda a linha em relação ao ano passado. A montadora adiou, porém, a inauguração de sua segunda fábrica, em Itirapina (SP), na qual investiu R$ 1 bilhão, que dobraria a sua capacidade produtiva, para 240 mil veículos por ano. (Valor Econômico/Inaldo Cristoni)

Sobre as entidades

A Fenabrave-PR (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores – Regional Paraná) e o Sincodiv-PR (Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos no Estado do Paraná) são as entidades que representam a categoria da distribuição de veículos no Paraná.

Siga-nos

Contato

  • Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos do Estado do Paraná e Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores - Regional Paraná.

    Rua Visconde do Rio Branco, 1341 - Centro
    Curitiba - PR - 80420-210
  • (41) 3324-1541
  • fenabrave@fenabrave-pr.com.br
  • sincodivpr@sincodiv.com.br